(Português) Cobrança de FGTS dos últimos 30 anos é extinta a partir de hoje

14 . November . 2019 |

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Foram extintos hoje os débitos de Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) relativos aos períodos trabalhados entre 14.11.1989 e 13.11.2014 e ainda não cobrados em ações trabalhistas. Agora, toda e qualquer nova ação com a cobrança de FGTS fica restrita aos últimos 5 anos contados da distribuição da ação trabalhista (art. 7º, XXIX da Constituição) e não mais aos últimos 30 anos, como determinava a Lei 8.036/1990.

Essa extinção, que não afeta ações trabalhistas distribuídas até ontem, decorre de julgamento pelo Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) em 14.11.2014 (ARE 709.212), no qual a chamada “prescrição trintenária” do FGTS foi considerada inconstitucional. Segundo o STF:

  • os débitos de FGTS originados a partir de 14.11.2014 só podem ser cobrados em até 5 anos da data da prestação de serviços;
  • os débitos de FGTS anteriores a 14.11.2014 podiam ser cobrados em até 5 anos contados da data daquele julgamento (prazo encerrado ontem), retroagindo essa cobrança a até 30 anos contados da data da distribuição da ação.

 

Para mais informações, entre em contato:

Fabio Medeiros
fabio.medeiros@localhost

André Blotta Laza
andre.laza@localhost

Marina Camargo Aranha
marina.aranha@localhost

Giovanna Tawada
giovanna.tawada@localhost

Gustavo Gomes Basilio
gustavo.basilio@localhost

 


see all publications